Pedras Preciosas – Tipos de Lapidação
16 de janeiro de 2017

Gemas de Cura - Cromoterapia

Durante toda a história da humanidade, atribuímos significados e poder às gemas, usando-as como talismãs. Não somente relacionados com a pura superstição, povos antigos e modernos explicam a relação das gemas com a cura através da cromoterapia e abertura dos chakras.

Esmeralda

A Esmeralda é também conhecida como gema do amor duradouro, estando associada ao sentimento de paixão. O verde é naturalmente associado à esperança, e por isso ela é também relacionada com a cura emocional. Ela é a gema que está mais relacionada com o chakra do coração, que regula nosso relacionamento com o mundo externo, nos trazendo de volta a um estado equilibrado quando tentamos ser demasiadamente controladores ou nos sentimos controlados pelo nosso ambiente ou aqueles a nossa volta. Sua cor verde foi uma vez descrita por uma monja naturalista, como contendo todo o verde da natureza, e por isso é a gema da primavera e do renascimento, canalizando a força vital da Terra. Sua cor a levou a ser associada à juventude, e por isso era a gema preferida de Cleópatra, que tinha uma coleção imensa dessa gema. Os egípcios costumavam ser enterrados com joias de esmeralda, para que carregassem a juventude para o pós-morte. Ela também é a gema da visão, acalmando aflições oculares. Ela também se refere à visão no sentido de que melhora a claridade mental, trazendo para o consciente o que apenas o inconsciente sabe. A visão pode significar também uma clareza ao ver o futuro, sendo usada para realizar previsões.

Safira

A safira é chamada de gema da sabedoria. A gema restaura o equilíbrio entre o físico e o mental, trazendo serenidade e paz interior. Apesar de vir em diversas cores, cada uma com suas propriedades, a safira azul é a mais procurada e a mais usada. Relacionada ao chakra da garganta, a safira azul ajuda com a comunicação e expressão de pensamentos e verdades. O chakra da garganta também é conhecido por ter efeito calmante para o sistema nervoso, o que reforça o sentimento de serenidade. Por esses motivos, a safira azul é usada quando surge a necessidade da tomada de uma decisão importante. Os tons mais escuros da safira também podem ser relacionados ao chakra do terceiro olho, que é o responsável pela mente e pela nossa percepção do mundo a nossa volta. Está muito associada ao julgamento e sabedoria. Fisicamente, ela é conhecida desde o século XVI por ajudar com problemas sanguíneos, como hemorragias, e o sistema vascular. Esse conhecimento foi difundido a partir da Rússia. A safira é descrita como um adstringente, e era pulverizada e misturada com vinagres ou leites para fazer uma pasta para ser colocada sobre infecções, dores e queimaduras, ou mesmo ingeridas para curar ulceras internas e problemas no coração.

Rubi

A cor quente do rubi sempre esteve associada à nobreza. O vermelho de um rubi é inigualável por qualquer outro mineral, e por isso é o melhor estimula o chakra base, que tem influência na vitalidade e no chi, a energia vital. Ele age melhorando a concentração e motivação, sendo uma boa gema para líderes. A relação com o chakra da vitalidade também ajuda a superar a exaustão e letargia. Ele também age sobre o chakra do coração, trazendo confiança e determinação para o usuário, estando muito relacionado ao lado físico, aumentando, inclusive, a sexualidade. Fisicamente, o rubi é tido como a gema do sangue, fortalecendo os músculos e principalmente o coração, melhorando a circulação. Com isso ele também ajuda com infecções e desintoxicações e até anemias. Para mulheres, ele também é benéfico para o ciclo menstrual e as cólicas associadas a ele. A gema já foi usada para auxiliar mulheres durante a gravidez de mulheres mais velhas. Pessoas muito sensíveis ou normalmente agitadas podem achar desconfortável usar o rubi por muito tempo.

Ametista

A ametista costuma ser a primeira gema adquirida por pessoa que começam a se interessar pela cura através de gemas. É um ato considerado comum, já que a as propriedades curativas da ametista foram as primeiras a serem valorizadas. Ela também é muito conhecida por atrair boas energias, que são sempre necessárias para qualquer tipo de cura. Associada principalmente ao chakra da coroa, o chakra que é o portão para a nossa expansão além de nossos corpos. É importante para manter o equilíbrio das energias, trazendo a tona mais humildade e conhecimento para lidar com situações desconhecidas. É uma pedra usada particularmente por curandeiros, já que ajudam a focar as energias para a cura. Sua cor violeta estimula a criatividade, sonhos e inspiração e há muito tempo é conhecida como a gema dos artistas. Conhecida também por estimular a produção hormonal, a ametista ajuda o sistema endócrino, imunológico e o metabolismo, ajudando em processos de desintoxicação. De fato, seu nome vem da palavra grega que significa “não intoxicado”, reforçando esse conhecimento.

Citrino

O citrino é uma gema de cor vibrante e que reflete boas energias e sorte. Ao atrair boas energias, ela é uma pedra que ajuda a promover a felicidade e reduzir tendências autodestrutivas. Ela é conhecida há muitos séculos como a pedra dos mercadores, por atrair sorte e prosperidade ao ajudar a estimular a autodisciplina e comprometimento, além de outras faculdades intelectuais. Essa não é uma gema que absorve energias negativas, apenas atraindo as positivas. Estimulando o plexo solar, o citrino é particularmente útil em relacionamentos e ajuda na tomada de decisões inteligentes. O plexo solar também tem influência sobre o sistema imunológico, portanto o citrino pode ajudar no combate a infecções, principalmente nos rins e na bexiga, e até mesmo amenizar alergias. Pode também ajudar com problemas na coluna e no trato digestório. Para que essas propriedades de cura da gema sejam efetivas, deve-se garantir que a gema é natural, já que muitos dos citrinos que encontramos hoje são produtos de tratamentos em ametistas.

Diamante

O rei das gemas, o diamante, é a gema da Luz, e por isso ela traz maior claridade para o usuário, ajudando na percepção. É considerada a maior gema de cura, já que une o corpo e a mente, por estar relacionado ao chakra etérico, mas funciona melhor como um amplificador de energias, reforçando inclusive as propriedades de outras gemas, portanto é normalmente usada como uma gema de apoio, agindo particularmente bem com esmeraldas e ametistas. Entretanto, da mesma forma que amplifica as boas energias, a gema pode amplificar as negativas. O diamante é usado para equilibrar as funções cerebrais, sendo benéfico contra derrames, epilepsia e até mesmo restaurando as energias. Por conta de todo esse estímulo para o cérebro, ele não é recomendado para pessoas psicóticas e obsessivas. Ele também age sobre o chakra da coroa, o que cria uma aproximação e melhor compreensão da espiritualidade. É um recurso para manter o equilíbrio entre as energias, e mesmo eventos negativos são vistos com um melhor entendimento.

Pérola

A mais usada gema orgânica é também uma das mais usadas como gema de cura. Ela foi e ainda é usada na medicina chinesa em produtos de pele, para clarear manchas, rosácea e acne. É possível encontrar pérolas pulverizadas a venda para o uso tópico. Através dos anos, a pérola sempre foi associada à feminilidade e fertilidade, e a pérola era ingerida por mulheres que estivessem enfrentando dificuldades para conceber. Por isso ela é considerada a fonte de vida e do amor. Ela também sempre esteve associada ao trato digestório e ao sistema muscular e ajuda a regular os ritmos hormonais em harmonia com os ciclos lunares. Isso causa a sensação de bem estar e paz interior que também são associadas ao uso da pérola. Estendendo-se para a madrepérola, ela é usada como forma de proteção principalmente para crianças pequenas, usada também para regular a pressão arterial e a visão, particularmente com pessoas que manifestam a catarata. As pérolas não vem apenas em uma cor, e cada uma delas possui pontos que se destacam das demais. As cores agem sobre os chakras correspondentes.

Topázio

O topázio é uma gema naturalmente incolor, mas as variações coloridas são mais comuns. De forma geral, o topázio é considerado uma gema do sucesso. Ela tem influencias calmantes e age de forma a balancear as emoções e aliviar tensões. Dessa forma, é também considerada uma gema poderosa para fortalecer o corpo como um todo. O topázio estimula o metabolismo, o que a torna uma gema usada para melhorar o apetite em todas as idades, e o sistema endócrino. Dependendo de sua cor, ele pode agir sobre o plexo solar, quando em tons de amarelo, laranja ou acastanhado. Nessas cores, ele também protege contra a depressão e ajuda em casos de insônia. Quando em sua variedade azul, estimula o chakra da garganta, comunicando-se com a capacidade de expressão e alinhando o foco. É preciso tomar cuidado para não deixar a gema muito exposta à luz ou altas temperaturas, já que podem alterar sua cor, e por consequência, alterar suas propriedades.

Quartzo rosa

O quartzo rosa é uma gema que naturalmente alimenta o lado materno nas pessoas, no sentido que estimula o carinho e a necessidade de cuidar de outros. É benéfico para o sistema reprodutor feminino e desejo sexual, auxiliando antes de durante a gravidez, e após esta, é conhecido por evitar depressão pós-parto. Essa gema também é usada para limpar fluidos em nosso corpo e na eliminação de impurezas, pois age sobre os rins e glândulas adrenais. Há anos, ela é usada para melhorar a pele, podendo ser aplicada no rosto para suavizar rugas e marcas, em cicatrizes e até mesmo em bolhas e queimaduras. Essa gema atua sobre o chakra do coração, extremamente influente em nosso estado emocional e autoconhecimento. Também chamada de gema do amor, promove todos os tipos, como o amor próprio, fraternal, platônico e romântico. Ela também é uma boa gema para quem sofreu algum rompimento ou perda, já que ajuda a equilibrar as emoções.